domingo, 31 de agosto de 2008

Pastel de natas




Do que já vivi e viajei
Nem meio mundo corri
Neste vaivém atlântico
Entre o continente de Vespucci
E o velho continente
Das Ilhas supostas de Atlântida
Muita guloseima comi,
Grega em Boston
Donas Amélias na Terceira,
Ovos moles em Aveiro,
Dons Rodrigos no Algarve,
Travesseiros em Sintra,
Mas os pastéis,
Os de nata,
Só mesmo os nossos,
Sem publicidade,
Pela primeira vez provados
Em tarde cálida de Verão
Numa cama andarilha,
Corpos suados,
Energias recuperadas,
Um beijo de pastel…

João Fernando


20 de Abril 2008

1 comentário:

caracolinhos disse...

Este aqui é de deixar água na boca ,só de ler lol!!!
beijinhos com carinho da sobrinha