segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Adverbialmente


Eu sou aquela
Que escreve
Com a simplicidade
Que só a desinteligência justifica
Ideias insanas.

Advérbios?!
Servem para mentir
De forma elegante.

Amo-te
Apaixonadamente,
Quero-te
Loucamente,
Desejo-te
Perdidamente.

Se mentimos
Porque o não admitimos
Finalmente.


Afinal
Parece que sou aquela
Que simplesmente,
mente de forma Simples.

Eu faço-o
Reconhecidamente,
E os outros?




Maria Madalena, 19 de Janeiro de 2009

2 comentários:

Margarida Piloto Garcia disse...

Gostei verdadeiramente do que aqui escreveste, simples, directo, como tu.

Maria Mourão disse...

Escreves. sim com simplicidade mas tudo que é simples é mais bonito.
Fatinha